Teaser da quinta #2

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Teaser da quinta é um meme semanal (e pode participar quem quiser) criado pelo blog Should be reading e eu só adaptei porque no original é toda terça. Enfim, funciona da seguinte forma:




Nova coluna: Uma vez eu li...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013
 Eu já li muito livro desde que eu era criança e esse blog é tão novo, então resolvi criar mais essa coluna "Uma vez eu li..." que não vai ser resenhas porque eu li os livros há tanto tempo que seria impossível pra eu lembrar os detalhes. Enfim, essa coluna é mais pra dividir minhas leituras passadas com vocês ^^


Informações The House of Hades

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Bom, não sei se vocês sabem as informações sobre o quarto livro da série Os Heróis do Olimpo que será lançado dia 8 de outubro, então eu vou traduzir algumas coisas que eu achei. Tem spoilers, então se você não leu A Marca de Atena, pare aqui.    


Dica: Padam Padam

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

 Padam Padam é um seriado coreano de 20 episódios com um pouco mais de 1 hora de duração, foi ao ar em 2011. A história é sobre dois ex-presidiários, o Kang Chil (Woo Sung) e Gook Soo (Kim Bum) que depois de anos presos, tentam se ajustar ao mundo.

 Kang Chil tenta provar que foi injustamente acusado e quer achar o verdadeiro assassino, Gook Soo tem o papel de anjo da guarda do Kang Chil, sempre disposto a ficar do seu lado não importa o que aconteça, terá que ajuda-lo a passar pelos três milagres que na minha opinião, o diretor foi brilhante na hora de filmar, a forma como é feito, os deja vu, teria tudo pra ficar chato depois de um tempo mas não nesse caso, você fica prestando atenção do começo ao fim.

Em uma dessas tentativas de voltar a vida normal Kang Chil acaba sendo contratado para reformar um quarto na casa da Ji Nah, uma mulher fria que aos poucos vai mudando com o romance que acaba surgindo entre os dois. Não será nada fácil por causa da posição de ex-presidiário dele e de algumas coisas que ele acaba descobrindo da vida dela.

 É um drama, com um pequeno toque de sobrenatural, romance e algumas cenas cômicas para balancear.

A escolha do elenco foi perfeita, os atores convenceram muito bem, seja como Kang Chil e seu ar inocente e surpreso com o mundo novo, como seu amigo Gook Soo sendo leal, enfrentando várias dúvidas e o pai da Ji Nah que te faz querer odiá-lo.

O que eu mais gostei na série: Ela te prende logo nos primeiros minutos, a maioria das cenas você até esquece de piscar. O clima é mais real, os personagens pobres por exemplo, usam as mesmas roupas, tem mesmo pouca comida (nada do tipo novela da globo hahah), o romance não é aquela coisa açucarada.

O que não foi tão bom: Quando chega nos últimos três ou quatro episódios a série acaba ficando um pouco fraca, enrola um pouco.

Mas a conclusão é: Assistam, vale a pena, é bom, vai te emocionar, com mensagem sobre segunda chance, aproveitar as pequenas coisas da vida.





Um pequeno trailer pra vocês

A volta ao mundo em oitenta dias - Julio Verne

sábado, 10 de agosto de 2013
 Finalmente consegui ler essa obra do Julio Verne, esse era um autor que eu tinha muita vontade de ler e não me desapontei.

Editora: Nova Cultural (que é a minha edição)
ISBN: 8513011150
Ano: 2003
Páginas: 318
Autor: Julio Verne
Nota: A (para saber como classifico os livros, leia "Sobre o blog")

Sinopse


"Seria possível dar uma volta ao redor do mundo em apenas 80 dias? Embarque nessa obra-prima de Júlio Verne, onde um inglês e seu criado aceitam esse desafio e vivem grandes aventuras ao longo de sua jornada."




   Essa obra A volta ao mundo em oitenta dias, é uma história baseada em uma viagem real do americano George Francis Train e foi escrito em 1873. Ao contrário de George Francis, o protagonista Phileas Fogg, é inglês. Rico, misterioso, metódico, recatado, pouco curioso e impassível são as palavras para descrever o senhor Fogg. Sempre vivendo uma vida organizada com horário pra tudo, ele nunca saia do seu cronograma (em alguns aspectos da até pra compara-lo ao Sheldon da série The Big Bang Theory). O único lugar que passa um bom tempo além da sua casa é o Reform Club onde jogava cartas com seus colegas e uma dessas vezes saiu nos jornais que o Banco da Inglaterra havia sido roubado. 
  Conversando sobre quem poderia ser o ladrão e que ele já devia estar muito longe da Inglaterra, eles começaram a discutir que a Terra tinha diminuído e que daria para viajar e voltar ao mesmo ponto de partida em poucos meses e é aí que surge a aposta, no qual o senhor Fogg aceita dar a volta ao mundo em oitenta dias e naquela mesma noite ele parte com seu novo criado, Jean Passepartout nessa grande viagem.
  "Conheci no museu de Madame Tussaud homenzinhos tão vivos quanto meu novo patrão!"
  Passepartout é um homem muito divertido, que sempre se surpreende com seu patrão senhor Fogg pois esse apesar de nunca se deixar alterar, não importa o azar e os obstáculos da viagem, mostrando até uma certa frieza com todos, no fundo é bondoso e generoso.
  A viagem com seus altos e baixos é sempre bem envolvente, apesar de não dar muitos detalhes pois os personagens não tem muito tempo para ficar apreciando a paisagem. Depois da Índia, eles acabam ganhando uma nova companheira que não participa muito da ação mas se mostra bem valente e focada.
" - E o senhor sabe cantar?                                                                                                                                                                                      - Sim - respondeu Passepartout, que outrora participara de alguns concertos de rua.                                                                                  - Mas o senhor sabe cantar de cabeça para baixo, com um pião rodando na planta do pé esquerdo, enquanto mantém um sabre equilibrado no pé direito? " 
  Além de todos os obstáculos, temos o antagonista, detetive Fix que está convencido que Phileas Fogg foi o ladrão que roubou o Banco da Inglaterra então ele o segue por toda a viagem, sempre tramando algo para atrasa-lo e conseguir prender. Eu fiquei bem irritada com ele, mesmo que ele só estivesse cumprindo o seu dever.
  A história foi muito boa, com muita aventura, nada de romance, com uma virada na história que faz acabar em uma outra conclusão. Eu indico esse livro pra quem está um pouco enjoado de best-sellers com triângulo amoroso e sobrenatural, como eu estou. E antes de acabar tenho que dizer que o senhor Phileas Fogg me conquistou com seu ar inglês e cavalheirismo e que a história em nada me entediou.

Teaser da quinta

quinta-feira, 8 de agosto de 2013
 

Teaser da quinta é um meme semanal (e pode participar quem quiser) criado pelo blog Should be reading e eu só adaptei porque no original é toda terça, óbvio que hoje não é. Enfim, funciona da seguinte forma:



  • Pegue um livro que você está lendo.
  • Abra em uma página qualquer.
  • Escreva duas frases de qualquer parte da página.
  • Cuidado para não incluir spoilers!
  • Diga o título do livro e o autor para que saibam o que é.

 Meu primeiro teaser é do livro "A volta ao mundo em oitenta dias" do Julio Verne




"A senhora Auda começara a voltar a si. A influência à qual fora submetida pelos sacerdotes de Pillaji pouco a pouco dissipava-se, e seus belos olhos retomavam a toda a sua doçura indiana"










O livro até agora está sendo bem divertido e estou gostando cada vez mais do Sr. Fogg para a minha surpresa.

     
      Até a próxima!

Lista: tatuagens literárias

Na minha primeira lista quero mostrar as tatuagens inspiradas na literatura que eu mais gosto. Não sei se teria coragem, sou medrosa quando se trata de agulhas mas ficar admirando não tem problema.


  • Peter Pan (uma das minhas histórias favoritas)

Meta para agosto

terça-feira, 6 de agosto de 2013
Os livros que eu pretendo ler esse mês;







 A volta ao mundo em 80 dias - Julio Verne 
                 Status: Lendo


Sinopse

Seria possível dar uma volta ao redor do mundo em apenas 80 dias? Embarque nessa obra-prima de Júlio Verne, onde um inglês e seu criado aceitam esse desafio e vivem grandes aventuras ao longo de sua jornada.















Através do universo - Beth Revis
Status: Lendo


Sinopse

Amy deixou para trás seus amigos, seu namorado, seu mundo inteiro para se juntar aos pais a bordo da nave espacial Godspeed. Para a longa viagem, ela e seus pais foram criogenicamente congelados, esperando enfim acordarem em um novo planeta: Terra-Centauri. Porém, cinquenta anos antes do previsto, a câmara criogênica de número 42 é misteriosamente desligada, e Amy se vê forçada a sair de seu profundo sono de gelo. Alguém havia tentado matá-la. Agora, Amy está presa em um novo – e pequeno – mundo, onde nada parece fazer sentido. Os 2312 passageiros a bordo de Godspeed são liderados pelo tirânico e assustador Eldest. Elder, seu rebelde sucessor, parece ao mesmo tempo fascinado por Amy e ansioso por descobrir nele mesmo tudo o que se espera de um líder. Amy quer desesperadamente confiar em Elder, mas será que ela deve colocar seu destino nas mãos de um garoto que jamais conhecera a vida fora daquelas frias paredes de metal? Tudo o que Amy sabe é que ela e Elder devem correr para desvendar os segredos mais ocultos de Godspeed, antes que o assassino tente matá-la novamente.





Status: Vou ler



House of night #6House of Night #7 Noah Foge de Casa

A garota da capa vermelha - Sarah Blakley-Cartwright

segunda-feira, 5 de agosto de 2013
Editora: Editora ID
Ano: 2011
Páginas: 364
Autor: Sarah Blakley-Cartwright
Nota: B

"O corpo de uma garota é descoberto em um campo de trigo. Em sua carne mutilada, marcas de garras. O Lobo havia quebrado a paz. Quando Valerie descobre que sua irmã foi assassinada pela lendária criatura, ela acaba mergulhando de forma irreversível em um grande mistério que vem amaldiçoando sua aldeia por gerações. A revelação vem com Father Solomon: o Lobo habita entre eles — o que torna qualquer pessoa do vilarejo suspeita. Estaria Peter, sua paixão secreta desde a infância, envolvido nos ataques? Ou seria Henry, seu noivo, o Lobisomem que assola as redondezas? Ou, talvez, alguém mais próximo? Enquanto todos estão à caça da besta, Valerie recorre à Avó em busca de ajuda; ela dá à neta uma capa vermelha feita à mão e a orienta através da rede de mentiras, intrigas e decepções que vem controlando o vilarejo por muito tempo. Descobrirá Valerie o culpado por trás do lobo antes que toda a aldeia seja exterminada? A Garota da Capa Vermelha é uma nova e arrepiante versão do clássico conto. Nela, o final feliz poderá ser difícil de ser encontrado."


  Eu não esperava grande coisa desse livro mas como eu vi o filme, quis ler. É um livro bem rápido de se ler, é sobre um vilarejo chamado Daggorhorn que sofria com os ataques do Lobo até que os aldeões resolveram fazer sacrifícios de animais e é uma dessas noites que Valeria tem seu primeiro contato com o Lobo e por algum motivo ele a deixa viva. Assim ela cresce e vira uma adolescente diferente das outras, é magra demais, corajosa, fica subindo em árvores e é sempre comparada com a irmã "perfeita" Lucie. 
 Só que tudo começa a dar errado quando o Lobo quebra a trégua e mata uma pessoa, a irmã da Valerie, assim os aldeões resolvem se unir para destruir o assassino, conhecemos o Father Solomon (que aliás, nunca entendi o motivo de não terem traduzido para 'Padre') que é bem conhecido por caçar e matar bestas. Ele é um personagem com sentimentos bem fortes e por isso acaba criando uns desacordos.
 E tem aquele mistério de saber quem é o Lobo, a escritora faz de uma maneira que qualquer um é suspeito, fazendo com que a Valerie fique se remoendo em pensamentos, achando que alguém que é muito próximo dela possa ser o mau e por que ela é a única que consegue falar e entender ele? 

 O que eu mais gostei: A Valerie não é boba, não se deixa levar. Ela continua forte mesmo que todos que ela conhece estejam contra ela. É fácil acompanhar a história e mostrar o que cada um está pensando e Henry, claro, cavalheiro até o fim.
 O que eu não curti muito: Peter e Valerie, não consigo acreditar que já com sete anos, criancinhas ainda, eles tenham se apaixonado e dez anos depois eles se reencontram com toda essa paixão, não, não e não! Os flashbacks, pra mim não fez muita diferença ter ou não alguns e o nome da autora estar tão escondido e o nome da diretora do filme estar tão na capa.

 Foi um livro bom, não é perda de tempo ler mas não seria algo que eu leria de novo. 

  

Jogador nº 1 - Ernest Cline

sábado, 3 de agosto de 2013
Editora: Leya
Ano: 2012
Páginas: 464
Autor: Ernest Cline
Título original: Ready  player one
Nota: B+

"Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade.
Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna.
Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência.
A vida, os perigos, e o amor agora estão mais reais do que nunca."



 A trama se passa em um futuro não tão distante mas com uma vida bem diferente, onde as pessoas passam a maior parte do tempo vivendo online. Então você me pergunta: "Diferente? E já não é assim?" Mas não estou falando de ficar horas e horas no twitter e facebook e sim de realmente viver online, em um universo virtual, estudar, trabalhar, comprar tudo, fingir que você é lindo e rico, enquanto na vida real você provavelmente é um miserável. Aliás é assim na vida real, os humanos vivem uma pobreza e acham consolo no mundo virtual do OASIS.
 Na primeira vez que vi o livro, o que me chamou a atenção foi a capa que estava escrito "o novo matrix", como eu amo o filme achei que o livro seria ótimo, então eu li a sinopse e vi que era sobre video-game e fiquei na dúvida, enrolei pra ler mas quando peguei mesmo nem via o tempo passar. 
 James Halliday, criador do OASIS, bilionário, gênio, nada social e adorador dos anos 80; é com ele que tudo se inicia. Após seu falecimento e por não ter herdeiro, ele lança um mega desafio, quem encontrasse O Ovo receberia toda a sua fortuna e claro, começa uma disputa, todo mundo começa a estudar sobre os anos 80, a moda, os filmes, tudo volta a virar moda. 
 Anos se passam e nada, ninguém encontrou nenhuma chave, nenhuma dica, nenhum ovo. Mesmo assim nosso protagonista Wade, que tem o nome 'Parzival' no avatar, insiste e acaba encontrando a primeira chave com a dica. Agora ele é o jogador mais famoso do OASIS e um alvo para Os Seis (uma companhia que quer achar o Ovo e dominar o OASIS e que vai fazer qualquer coisa para encontrar, mesmo que tenha que levar o perigo pra vida real dos jogadores). 
 A história é viciante mesmo que você não saiba nada sobre os anos 80, ele vai te explicar ou citar exemplos, claro que deve ser muito mais divertido pra quem viveu essa época. Só o que eu tenho pra falar é: LEIA! Nem os momentos 'offline' são chatos, talvez as únicas partes que de pra achar entediante sejam quando o Wade explica tudo sobre a vida do J. Halliday mas passa rápido e quando chegar a batalha contra Os Seis, você vai até esquecer de respirar. 

It Girl #10 Classic - Cecily von Ziegesar

quarta-feira, 31 de julho de 2013
Editora: Little Brown Books
Ano: 2010
Páginas: 227
Autora: Cecily von Ziegesar
Nota: B

"It's almost Valentine's Day at Waverly Academy, and love is in the air...and in everyone's inboxes. Each year, The Waverly Computer Society runs Perfect Match, an online personality survey that pairs up Waverly Owls with their supposed soul mates. Now the campus is overrun with peculiar pairings, odd couples, and mischief makers hoping to play Cupid for a day. In this final dramatic It Girl novel, the Waverly Owls ponder an age-old question: is all really fair in love and war? "





 Classic é o décimo e último livro da série It Girl e foi um final até que recompensador, talvez alguns não gostem tanto por ter um desfecho aberto.  Esse livro continua com o drama teen que é bem a marca da Ziegesar e com a formação e destruição de alguns casais. As personagens lembram muito os de Gossip Girl, teve momentos em que eu me pegava comparando os personagens de um com a outra série. 
 Eu ainda acho incrível que tanta coisa tenha acontecido e só tenha passado um ano escolar na vida da Jenny. É fevereiro e o amor está no ar, com a aproximação do Dia dos Namorados, ou como é conhecido lá, Valentine's Day, os casais começam a se agitar e como eles gostam de lembrar em vários momentos do livro, essa é uma data muito importante na escola Waverly. Tanto que todo ano eles criam um "Perfect Match" onde a pessoa responde um questionário e o programa encontra seu 'par perfeito'. 
 A Callie chegou a me irritar um pouco aqui, ela fica envolvida em um triângulo amoroso com Brandom e Easy e ela fica nesse bate e volta, parece que o cérebro dela quer um por ser sua zona de conforto e o coração quer outro porque sabe que é seu verdadeiro amor mesmo que seja arriscado. Jenny desconfia que seu namorado Isaac esteja escondendo algo dela, algo que nem eu mesma esperava. Brett e Tinsley se tornam uma dupla como nos velhos tempos para desmascarar a novata. Com tanta coisa acontecendo é incrível eles terem tempo pra estudar e mesmo assim eles conseguem ter um ótimo desempenho. 
 Enfim, o final chegou, eu ainda não sei se estou aliviada ou triste. Os livros de It Girl não vão mudar sua vida ou te fazer chorar e rir alto mas vai ficar em uma parte do coração dos leitores. Como eu disse antes, a escritora deia o final em aberto, ainda faltam alguns anos pra Jenny e seus amigos se formarem. Assim, a vida continua, parabéns alunos da Waverly por um ano emocionante e aos leitores que passaram tudo com eles, tentem não ficar em DPL ;D

Dica música - Coffee Shop

terça-feira, 30 de julho de 2013
 E se eu disser que amo k-pop? Aposto que muito de vocês vão fazer uma careta, alguma piadinha e outros vão fazer cara de ponto de interrogação. O que vocês pensam quando alguém diz K-pop? Provavelmente o PSY dançando Gangnam Style, certo? Hahah mas a Coreia do Sul é uma fábrica de artistas de vários, vários estilo. Bom, não vou prolongar na explicação, isso eu posso fazer mais tarde. 
 Agora eu quero dar a dica de um grupo que eu amo, é meu grupo coreano favorito, ouço e não tenho vergonha. B.A.P é um tipo de grupo que consegue cantar vários estilos de música e não decepciona, apesar de sua marca registrada ser de uma pegada mais forte tipo Warrior (que já vou avisando, é minha música favorita). Sem mais delongas, aqui está Coffee Shop


Com essa música linda, eu me despeço. Boa noite.

O anjo da cafeteria - Suzanne Selfors

Esse é um livro que eu já estava com vontade de ler há tempos, eu conheci numa busca no skoob e me atrai primeiro pela capa (sabe aquele ditado "Não julgue um livro pela capa"? Não é comigo), não é uma obra prima mas algo me fez desejar ler logo e depois de anos consegui ler.

Título original: Coffeehouse angel
Ano: 2010
Páginas: 190
Autora: Suzanne Selfors
Nota: A

"Quando Katrina vê um sem-teto dormindo no beco atrás da cafeteria de sua vó, ela decide deixá-lo uma xícara de café, um saco de grãos de café cobertos de chocolate, e alguns bolinhos. Ela nem imagina que esse pequeno ato de gentileza vai virar sua vida de cabeça pra baixo. Por esse adorável mendigo, Malcolm, na verdade é um anjo-da-guarda de folga entre missões. E ele não irá embora até que consiga recompensar Katrina por seu altruísmo, cumprindo seu desejo mais profundo. Agora se ela ao menos conseguisse decidir que desejo…"




      "Essa não é uma história onde a mocinha se apaixona pelo melhor amigo"
 Katrina é a típica garota não popular, tem dois amigos talentosos e mora com sua avó Anna. As duas tomam conta de uma cafeteria com tema 'Escandinávia antiga' que por teimosia da vó, não aceita nenhuma tecnologia no local e por isso o negócio está em crise, além de que com a abertura da cafeteria moderna e ecologicamente correta Java Heaven bem ao lado.
 No livro todo ela fica tentando imaginar no que ela é boa, ela tem as mesmas dúvidas da maioria dos adolescentes "o que eu vou fazer no meu futuro?" Até tem um armário da vergonha onde ficam todas as coisas das atividades que desistiu. 
 Uma bela manhã enquanto ia tirar o lixo, ela se depara com um homem estendido na calçada, achando que é algum ladrão ou drogado ela fica com medo mas depois reúne um pouco de coragem e coloca um copo de café e comida pra ele, então começa, esse pequeno ato muda totalmente a vida da Katrina. 
 Esse rapaz a segue até a escola, acaba gritando o nome dela no meio de uma reunião escola e faz ela morrer de vergonha. Depois ele explica que é um mensageiro (pode dizer anjo também) e precisa recompensa-la pela boa ação. Como ele não é humano de verdade as coisas que ele faz sendo bem sem noção e sua roupa estranha, deixa a história bem divertida. Depois de todo essa vergonha, ela faz de tudo pra evitar ele no caminho de volta pra casa mas não tem jeito, Malcom (o anjo) consegue encontra-la e dar um grão de café que realiza o maior desejo dela mas como eu disse antes, ela não sabe o que quer, seria dinheiro? Fama? Destruir o Java Heavens? De qualquer jeito ela não toma pois ainda acha que ele é um louco e sem querer todos os grãos que recebe alguém toma por engano, ou seja, os pedidos que deveriam ser dela vão para a pessoa que tomou e ele não pode ir embora até ela realizar seu desejo. Com tudo isso Katrina acaba sofrendo com a própria cafeteria, a possível traição da amizade do seu melhor amigo, a vó, descobrir no que ela é boa e entender sua relação com o Malcom. Ainda tem outra história de fundo que tem um tom mais dramático mas não muito. 

 O anjo da cafeteria é diferente de outros livros sobrenaturais, não é uma série, já começa por ai e não tem aquele tema pesado de vida e morte com um triângulo amoroso. Se eu pudesse detalhar esse livro seria "Um livro adorável para ler em feriado ao ar livre". 

It Girl #9 - Devious

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Editora: Poppy (no Brasil provavelmente Galera Record)
Ano: 2009
Páginas: 256
Autora: Cecily von Ziegesar 

"Gossip Girl character Jenny Humphrey never goes looking for trouble; but trouble always seems to find her. What Waverly Academy mischief will Jenny, Tinsley, and Callie stir up now? 

It's January, and a new semester at Waverly Academy means one thing: new students. Make that hot new students. A gorgeous brother-sister pair is taking Waverly by storm, and the campus is abuzz with fresh gossip and even fresher crushes. But while all the girls are busy drooling over the new it-guy, they'd better watch their backs-because his sister is going to give them all a run for their money. After all, there can only be one It Girl..."




 É janeiro e o ano já começa com mudanças, primeiro a escola ganha um novo reitor que parece mais fácil de lidar do que o último e com ele vieram mais dois novos alunos, Isaac e Isle que são seus filhos.  Janeiro também não tem aula, os alunos são encorajados a fazer trabalhos em pequenos grupos e é ai que tudo começa. A Tinsley ainda está com medo de se jogar numa relação e perder todas as festas, não ser mais a "It Girl" então ela se torna meio má com Julian, com isso repetindo seu último erro.
 Aliás, esse foi o livro dos relacionamentos mal resolvidos, Brett e Sebastian não estão no paraíso por causa do seu ciúmes com as ex-namoradas dele, por ser um livro teen eu já esperava que ela fizesse uma tempestade em copo de água. Do outro lado, está uma maravilha com Jenny, mais uma vez ela chama a atenção do novo "hottie" da escola, Isaac. 
 O grande ato da vez é a festa planejada pela Jenny, na casa do Isaac e tudo até que estava indo bem até a Isle insistir em subir no telhado com a Tinsley e quase cair de lá e é ai que o "Príncipe Encantado" aparece pra salvar a donzela em perigo, não posso dizer porque ai seria um spoiler grande mas posso garantir que vá ter um triângulo ou um quadrângulo amoroso no próximo livro.
 E por fim, nesse quase desastre, Isle mostra sua verdadeira cara, mais uns casais são rompidos e Jenny tem que ser a garota boazinha de sempre e se entregar.

Ah, já estava quase esquecendo, duas coisas pequenas. A primeira é: Webcams se ligam sozinhas? Essa parte fiquei um pouco confusa e com isso eu quero dizer de novo "Pobre Brandon" eu realmente quero que ele termine bem. Segunda coisa que praticamente não passa de um detalhe na história mas eu curti o projeto do Heath, coube com o jeito dele e foi divertido ver ele pirando com o passar do tempo.

 Pela primeira vez eu vi uma relação clara do título com a história e eu me diverti lendo o livro, parece que a série demorou um pouco pra ficar "atraente" e só nesses últimos livros que pegou o jeito.

It Girl #8 - Garotas, Surpresas e Segredos

domingo, 28 de julho de 2013
Editora: Galera Record
Ano: 2009
Páginas: 352
Autora: Cecily Von Ziegesar

"Brett Messerschmidt está planejando o baile de férias anual e a troca de presentes da Academia Waverly. Mas quando alguns estudantes empreendedores decidem que jogar segredo satanás é infinitamente mais divertido, toda a escola começa a agir de forma impertinente. Agora tudo o que Brett quer para o natal é um feriado tranquilo e um beijo de um certo alguém sob o visco. Pena que Callie Vernon tem a mesma ideia. Oh não... Todos na Waverly está entrando no espírito de dar e doar do natal. O único presente que Tinsley Carmichael quer desembrulhar este feriado é o seu novo namorado, Julian McCafferty. Mas o que vai acontecer quando ela descobrir um segredo obscuro de seu passado ao invés disso? Papai noel sabe quando você foi mau ou bom... Mas qual é o ponto de ser bom se ser mau é muito mais divertido?"

  
 Dessa vez a história se passa em uma semana, na véspera de natal e eles fazem um "Secret Santa" ou quase isso com presentes bem "diiiirty" ou pra zoar a pessoa mesmo. Tinsley fica recebendo presentinhos lembrando que ela ainda é virgem e ela fica um pouco paranoica com isso ainda mais depois de descobrir que o seu namorado não é, foi até engraçado e seria exagerado se fosse com outra pessoa e não ela.
 Já a Jenny foi convidada a estrelar um 'reality show' sobre ela! Claro, de umas calouras da escola mas mesmo assim, não parece divertido? Claro, se ela puder não se levar pela fama e aumentar as coisas. Mas sendo a inocente Jenny já da pra imaginar o resultado.
 A Callie fica bem avoada nesse livro, perdida porque não sabe como é ser solteira e ainda tentando superar o Easy, ela acaba querendo preencher o vazio com um novo namorado que não é ninguém menos que... Sebastian, e então Brett? Vai confessar seu amor por ele? Ou vai continuar em negação? 
 Brandon, Brandon, ninguém acredita nele tadinho, passou por uma semana difícil, teve até que encarar um striptease de outro cara! O Heath está um pouco sumido aqui mas nem por isso deixa de provocar.

Esse livro foi mais divertido do que pensei, meu único problema com ele é que a autora coloca personagens demais e então em um livro alguns personagens aparecem muito e o outro ele é citado poucas vezes. Os livros da série são leves e curtinhos, da até pra ler em um dia.

It Girl #7 Garotas em Festa

sábado, 27 de julho de 2013
Para a primeira postagem não tenho muito o que apresentar. Então vamos ficar com o livro que eu acabei de ler, mesmo não sendo o primeiro da série.

Editora: Galera Record
Ano: 2012
Páginas: 272
Autora: Cecily von Ziegesar
"O dia de Ação de Graças chegou, mas Jenny, Tinsley e Callie resolvem transformar o feriado em uma festa de três dias. Jenny conhece o Mr. Right, mas não quer se apaixonar pela quarta vez nesta primavera. Tinsley está determinada a reconquistar um certo calouro e Callie tem um romântico encontro marcado com Easy... Mesmo se aparecer alguém mais interessante?"





  Esse é o livro #7, então pare a leitura agora se você não leu por causa dos spoilers.

Essa é a série derivada de Gossip Girl, confesso que eu ainda não li GG, comecei logo com It Girl e nem lembro o motivo. A saga conta a a história de Jenny Humphrey em um colégio interno chamado Waverly.
  Neste volume os alunos saem um pouco do cotidiano já que a maioria viaja por causa do feriado do "Thanksgiving", as garotas Tinsley, Jenny e Callie ficam mais unidas depois dos eventos do livro anterior. Cada uma por um problema pessoal acaba tendo que passar o feriado em Nova York e sem ter onde passar a noite, já que o apartamento da Jenny está cheio dos amigos estranhos do pai dela, elas resolvem ir a uma festa de uma garota nerd e não muito popular da escola.  Lá, quem diria que a Tinsley iria mostrar seu lado gentil e sincero? Ela sofre por amor e ainda tem que enfrentar a antiga colega de quarto Sleigh, que poderia ter criado mais confusão mas ela some tão rápido que perde um pouco da graça. Jenny tenta seguir o conselho da Tinsley e parar de se apaixonar tanto. Callie tem contratempos para encontrar o Easy e Brett tem problemas porque sua família está agindo estranhamente.

Foi uma história bem light que só se concentrou nos problemas dos casais. A parte do Heath e do Brandon na escola foi bem dispensável apesar de ter sido bom no final descobrir que o Heath tem mesmo sentimentos profundos. A parte da Brett nem foi tão legal quanto eu ouvi falar, foi mais uma desculpa pra aproximar ela do Sebastian, que é um possível casal que vai dar certo.

Esse livro daria até pra você ler sem ter lido os anteriores porque bem que parece um livro extra, é bem leve e rápido, para adolescentes. Não é nada que te faça rir muito ou chorar mas é bom e vale a pena ler. Eu dou uma nota 3,7 de 5,0.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...